CONFLITO ENTRE RÚSSIA E GEÓRGIA PELA OSSÉTIA DO SUL

* O conflito entre a Rússia e a Geórgia pela Ossétia do Sul começou na última quinta-feira (07/08), quando tropas da Geórgia entraram na Ossétia do Sul para recuperar o controle da região. O ataque da Geórgia foi mal recebido pela Rússia, que possui fortes laços e interesse na Ossétia do Sul.
* Os Russos dizem proteger os seus cidadãos na Ossétia do Sul, e invadiram a Geórgia, bombardeando e dominando várias cidades do país. Desde então, a Rússia vem rejeitando repetidas propostas
da Geórgia pela paz e vem sendo criticada pela comunidade internacional. Os EUA chamaram a resposta da Rússia ao ataque de “desproporcional”.
* A região montanhosa da Ossétia do Sul, que possui cerca de 70,000 habitantes, fica na Geórgia, enquanto que a Ossétia do Norte fica no território da Rússia. A composição da Ossétia do Sul é primariamente de Ossétios, e os cidadãos da Geórgia dentro da Ossétia são menos que um terço.
* Mesmo estando no território da Geórgia, os Ossétios não se consideram cidadãos da Geórgia (capital, Tbilisi) e isso resultou na separação da Ossétia do Sul em uma guerra com a Geórgia entre 1991 e 1992, na qual centenas de pessoas morreram e que deu a autonomia para a região, cuja capital é Tskhinvali.
* O desejo dos Ossétios, entretanto, não é somente de autonomia. Eles desejam independência da Geórgia e querem fazer parte da Rússia, enquanto que aquele um terço de cidadãos da Geórgia dentro da Ossétia querem que a Ossétia do Sul siga sob o domínio da Geórgia.
* Em um referendo em 2006, 99% da população da Ossétia do Sul votou pela demanda de independência. O referendo não foi reconhecido pela Geórgia, que, por muito tempo, inclusive, baniu os partidos políticos da Ossétia do Sul de participarem de eleições na Geórgia.
* A situação na Ossétia do Sul se manteve relativamente estável entre 1995 e 2003, durante a presidência de Eduard Shevardnadze, mas a situação diplomática entre Geórgia e Ossétia do Sul começou a se deteriorar com a chegada ao poder do presidente Mikhail Saakashvili em 2004, que ordenou operações policiais e de combate ao contrabando na região.
* Saakashvili também aproximou a Geórgia da União Européia e do Ocidente, particularmente dos Estados Unidos. Ele também deseja a inclusão da Geórgia na Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), um passo que não foi nada bem recebido pela Rússia, que ainda deseja manter influência na região do Cáucaso.
* A Geórgia é uma das ex-repúblicas socialistas soviéticas que obtiveram a independência em 1991, juntamente com Armênia, Azerbaijão, Bielorússia, Cazaquistão, Estônia, Letônia, Lituânia, Moldávia, Quirguistão, Rússia, Tadjiquistão, Turcomenistão, Ucrânia e Uzbequistão. Outras regiões, como a Chechênia e a Ossétia do Sul, não conseguiram a sua independência em 1991.

There are no comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: